segunda-feira, 28 de março de 2011

Sacramento


Quando o padre a sorrir nos perguntara:
- Quereis amor sem fim, embora austero?
A tua boca era uma jóia rara!
E, olhando a tua boca, eu disse: Quero!

Depois, já quando o padre nos medira
No mesmo olhar azul, porém severo,
E murmurou: Sem dor, tudo é mentira...
Quereis amor, no entanto? Eu disse: Quero!

E o dedo entrou no anel como um segredo
Enquanto baixo, eu repetia: Quero!
Tão feliz me senti que tive medo!
E o dedo entrou no anel como um segredo
E repeti mais fortemente: Quero!

Eu quis então, por cruz, esse futuro
Feito de humano e trágico sentido.
Talvez quisesse a insónia, o fardo, o muro,
Caminho longo, lento e escuro…
Mas quis o bem de não te haver perdido!


96 comentários:

  1. Parabéns, GRAÇA !

    Linda a poesia, sem dúvida.

    E a igreja, qual é ?

    Beijos.

    ResponderEliminar
  2. Que fotografia bonita Graça. E ilustra tão bem o bem querer não se terem perdido um do outro e com a troca de olhares cúmplices transparente, quase que ouvimos os dois a dizer QUERO!! Recordações de um dia feliz... que partilhas connosco. :)Um grande beijo

    ResponderEliminar
  3. Minha querida...na saudade do vosso AMOR em conjunto, ele está contigo...a velar por ti...
    ADORO-te, amiga!
    LISA

    ResponderEliminar
  4. Parabéns Graça

    Um Poema repleto de ternura e de um amor sólido.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Somente uma palavra: Lindo!
    Um beijo grande.

    ResponderEliminar
  6. Que lindo Gracita, beijossss e cheguei para o chocolate ou chá ou suco, ou então nada um bom copo com água e uma prosa para falar de tão linda poesia.

    Beijão te adoro viu?

    ResponderEliminar
  7. Obrigada por este momento de partilha maravilhoso!...
    Quero só felicitá-la pela forma como encara a relação a dois, num tempo em que parece haver pouca resistência às dificuldades que a vida vai colocando. Desistir é sempre mais fácil do que lutar, mas o sabor de uma luta ganha não tem paralelo na realização das pessoas.
    Parabéns!...

    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. Ô Graça que sensibilidade, que graciosidade.
    Achei lindo!
    Xeros

    ResponderEliminar
  9. Poema repleto de amor sensibilidade,esteja ele aonde estiver estará muito orgulhoso..

    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde, querida amiga Graça.
    Parabéns por vocês terem merecido esse amor bonito.
    Quem encontra o amor e sabe conservá-lo, merece muitas palmas. (Bela foto)

    Um grande abraço.
    Tenham uma linda semana, cheia de paz e amor.

    ResponderEliminar
  11. Lindo querida Graça, como tudo o que escreves. Pela foto eu ia dizer que eras tu. Noivos mais lindos e que encanto de olhar. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  12. Que coisa mais linda!
    Muito bem escrito, o amor respira-se em cada verso.
    Adorei.
    beijo

    ResponderEliminar
  13. Cantar um momento importante e o que se sentiu então com palavras de hoje.
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
  14. Há tantas razões pelas quais eu gosto muito de ti, amiga minha, Graça, tão querida... mas esta tua capacidade de amar assim, com este fervor, com toda esta paixão, quem um dia se foi, não é para qualquer uma.
    Estala-me o peito e verto uma lágrima, mas sei-te feliz por um dia teres dito "QUERO".

    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Linda e Doce Amiga:
    "Construiu um belíssimo poema com a sua assinatura de talento e encanto.
    É exímia no que quer expressar de imensa significação real.
    Escreve com delícia e talento.
    Parabéns.
    Abraço amigo de respeito face aos plasmados sentimentos do casamento que redige com beleza poética sublime.
    Sempre a admirar a sua profunda genialidade em tudo o que faz.
    Com respeito e gratidão pela sua postura na vida.
    Sempre a admirá-la

    pena

    Desculpe comentar como anónimo.
    Não sei o que se passa com o meu Blogger.
    É linbda, sabia? Imenso.
    Adorei.
    Bem-Haja, notável amiga.
    Adorei.

    ResponderEliminar
  16. Já sei que é a Igreja de Quelimane !
    Vi uma foto de 2007 e fiquei muito triste.
    Está ( ou estava nessa altura...) muito degradada.
    Não tinha a beleza do dia do teu matrimónio.

    Um beijo grande.

    ResponderEliminar
  17. Graça, amiga,
    São essas recordações que mantém nossos sentimentos vivos...
    Uma poesia escrita com muita doçura.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  18. Querida amiga Graça.Penso que actualmente poucos casamentos tem este poder de amar pela vida fora.Eu me lembro bem de dizer quero e tremia tanto a meter a aliança no noivo mais parecia um vendaval...nervos, muitos nervos,era da idade também,mas ainda dura até hoje com a mesma força de amar.
    Beijinho de amizade

    ResponderEliminar
  19. Amiga Graça,
    Peço-lhe desculpas, mas a gripe pegou-me nesse final de semana e só agora, à noitinha, saí da cama para o PC.
    Não importam dores e sofrimentos, quem ama, ama de verdade e a vida perde o sentido sem o ser amado.
    Delícia de Poema...
    Uma semana de Paz e a nossa ternura!!!

    ResponderEliminar
  20. Graça

    Um lindo e intenso amor escrito do fundo da alma.

    Parabéns amiga
    Anne

    ResponderEliminar
  21. Querida amiga, linda poesia, de um amor que superou todos os percalços da vida, e que você sempre disse QUERO. Fotos são as marcas registradas dos momentos de felicidade de nossas vidas, principalmente fotos em preto e branco. Tenha uma linda semana. Beijocas

    ResponderEliminar
  22. Maravilhosa Poesia, relatando emoções e sentimentos verdadeiros e reais. A foto linda mostra o porque de tão belas lembranças...a felicidade eram vocês.

    ResponderEliminar
  23. Simplesmente lindo e verdadeiro.
    Um amor que eu quero pode ser duro e austero, mas será sempre esse que eu amo e quero.

    Não será pelo anel nem pelos segredos que nele cabiam.
    Será pela vida partilhada, sentida e amada sempre nesse verbo encantador que se chama AMOR

    ResponderEliminar
  24. Escorre o amor e a felicidade em cada verso, pois ele, o amor, é felicidade absoluta.

    A poesia real no amor que é eterno!!

    perfeito!!^^

    Beijos

    ResponderEliminar
  25. Olá minha querida.
    Adorei a foto. Que casal lindo!
    Desejo-vos toda a felicidade do mundo.
    Um grande beijinho.
    M. Céu

    ResponderEliminar
  26. Graça, adorei a foto e o poema.Com que firmeza e doçura vc repetia:'Eu quero"
    E que amor bonito vcs viveram!!
    Um beijo..
    Emilinha

    ResponderEliminar
  27. Graça, esses versos calaram lá no fundo da minha alma e me levaram pelo tempo, por mais de cinquenta anos, quando também eu disse quero... Lindo... Muito lindo... Como linda é a foto que ilustra o post.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  28. Parabéns Graça, uma ternura seu poema...

    Bom dia!

    beijooo.

    ResponderEliminar
  29. Muito muito muito bonito Graça! Para partir para a felicidade também é preciso coragem. Senti coragem nos teus "quero"s. Beijinhos Graça!

    ResponderEliminar
  30. Eita! que chego aqui e ja me deparo com esse poema maravilhoso!
    Obrigada minha linda, por seu dengo a mim em meu aniversário, acabei de postar um agradecimento a todos os carinhos recebidos, vocês me fizeram muito feliz e entre lágrimas de felicidades eu sorri!
    Quanto a musica do meu blog é do musico Kitaro
    [caravan sary] eu também sou apaixonada por ela
    Beijosssssssss no coração Graça

    ResponderEliminar
  31. Que lindo sacramento. E a imagem tem uma certa magia.
    Parabéns!

    BeijooO*

    ResponderEliminar
  32. Há uma estrela que ilumina o caminho à tua passagem, Graça.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  33. Imenso é o amor: - Eterno!
    Belo e verídico o teu poema!
    Um Beijo!

    ResponderEliminar
  34. É o que nos sustenta. Saber que ainda há amores assim. Até à eternidade.
    Abraço Graça.

    RJorge Leite

    ResponderEliminar
  35. Olá querida Graça, lindo poema de amor.Parabéns!Beijocas.

    ResponderEliminar
  36. Lindo minha flor.
    Parabéns,pois hoje um casamento desse nível são bem poucos.
    Amei.
    Obrigado pelo carinho da sua visita amada.
    Bjssssssssssssss

    ResponderEliminar
  37. Olá Graça
    Belo poema, que sacramenta o amor, perante a Deus e aos homens. Amei.
    Bjux

    ResponderEliminar
  38. Emocionante, amiga! Você me proporcionou um momento único. Nas linhas e entrelinhas, um amor como raramente se vê. E o olhar cúmplice que a foto revela... Lendo seu poema quase pude vê-la dizendo: "Quero!" Lindo demais!

    Bjs, querida poeta. Desejo-lhe uma boa semana. Inté!

    ResponderEliminar
  39. Quando o padre a sorrir nos perguntara:
    - Quereis amor sem fim, embora austero?
    A tua boca era uma jóia rara!
    E, olhando a tua boca, eu disse: Quero!
    -----------------------------------------
    Graça, só esta quadra diz tudo o que vai na alma de quem ama e recorda com grande carinho todo esse tempo que isto aconteceu.

    Muito lindo e maravilhoso este teu poema na recordação que tens deste momento que jamáis por certo será esquecido por ti.

    Presentemente isto já é raro ver-se nos dias que correm, as mentalidades são outras assim como as acções que estas gerações propagam nestes tempos que passam por nós.

    É mais um momento de boa poesia num post bem emocionante que aqui nos deixas.

    Bjos, felicidades e tudo de bom te desejo.

    ResponderEliminar
  40. Na alegria e na tristeza, na saude e na doença...
    Isto é amor Graça. Que importa é que nas horas de dor, nunca se dê por vencido.

    Que lindo...
    Eterneceste-me perante maravilhoso poema, quadro bendito do que se pode narrar almas assim jungidas de luz e calor...

    Carinhos de beijos pra ti

    Livinha

    ResponderEliminar
  41. Graça

    e se é bemquerer esse querer!!

    ficamos mudos de espanto...

    porque é tão simples e é tão belo
    tão eterno

    na efemeridade enganosa desta vida

    abençoados os que amam assim!

    um beijo

    manuela

    ResponderEliminar
  42. Muito lindo Graça.
    Um amor muito sólido descrito nesse poema.
    Parabéns!

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderEliminar
  43. Lindo, lindo e lindo. Tenho certeza que esse"quero" ecoa no seu coração até hoje. Amei a imagem,de uma sincronia perfeita com os belíssimos versos Parabéns!!!

    Um beijo, querida Graça.

    Graça,você sabe que quando vinha pra cá, à tarde, recebi a notícia da passagem do ex-vice presidente, a quem eu admirava muito, e lembrei do seu comentário, do que você me disse sobre a visita da presidente Dilma e do ex -presidente Lula. O Brasil está de luto, Graça.

    ResponderEliminar
  44. Oi querida Graça!
    Mais um lindo poema que me fez sentir emocionado! Tu escreves muito bem, e os poemas são lindos!

    Vai até o meu blogue mais novo:

    http://www.transpondo-barreiras.blogspot.com

    Um beijo em teu coração.

    ResponderEliminar
  45. Duas almas unidas pelo amor mais puro...
    Beijo d'anjo

    ResponderEliminar
  46. Graça,
    saio daqui embevecida com tão lindo poema, parabéns, adorei!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  47. Fizeste muito mais:
    "Prometes fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não se chegaram a concretizar?"
    Amadureceste teu amor, tornando-o e tornando-te mais e mais bela, tanto quanto a lavra dessa poesia que saiu da concha, feita de um grão de areia que se agigantou. Beijos.

    ResponderEliminar
  48. Que lindooo!!!

    Perfeito, perfeito!! Não sei nem o que dizer.. só sei que achei divino!!

    =D

    BJuu =*

    ResponderEliminar
  49. Querida Graça!

    Quando o padre lhes perguntou
    Se os noivos queriam amor
    a noiva nem um segundo esperou
    isso é o que mais queremos senhor

    E ela ficou com o dedo espetado
    esperando que a aliança entra-se
    mas o dedo estava um pouco inchado
    que causou aos noivos algum embaraço

    O noive com delicadeza e muito jeitinho
    lá consegui fazer o que tinha a fazer
    meteu o anel bem devagarinho
    e beijou carinhosamente sua mulher

    Foram um casal muito, muito feliz
    viveram a sua vida intensamente
    o destino me parece que não quis
    que eles vivessem assim para sempre

    Um beijinho grande,
    José.

    ResponderEliminar
  50. Que lindo Poema e linda foto, Graça...
    A postagem está muito linda.....

    Beijo

    ResponderEliminar
  51. Lindíssimo, Graça! Um verdadeiro resgate de emoções...A poesia tem esse dom, de nos remeter de volta a bons momentos, e sentir neles o mesmo sabor... Bjs querida.

    ResponderEliminar
  52. Recordações de um dia feliz é como reviver o momento, obrigada pelo carinho da partilha.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  53. ...un si
    un sisi
    un nosi
    sino nosi
    sisi sisi
    GRACA
    quiero...




    Saludos con todo mi afecto :


    j.r.s.

    ResponderEliminar
  54. Fui ver-vos nesse dia á saída da Igreja, já casados e tão felizes... Deus quis que a ventura não chegasse mais longe na estrada da vida!!
    Beijo
    Teresa(Quelimane)

    ResponderEliminar
  55. Graça, minha querida!Já comentei aqui, mas lendo o comentário que vc deixou em meu espaço, vim correndo lhe dizer umas palavrinhas,vindas do fundo do meu coração.
    Amor como o seu, só o dos meus pais.Nunca vi um amor como aquele, eternos namorados,uma paixão que não passava...Quando ele adoeceu, minha mãe ficou a frente dos negócios e precisava viajar para resolver os problemas da fazenda.
    Quando era o dia dela chegar, ele se arrumava e ficava horas sentado na varanda esperando, como se esperava uma namorada,antigamente.
    No dia do aniversário dela,enchia a casa de flores e os cartões eram lindos( tenho um comigo, na minha carteira).
    Quando ele se foi,ainda muito jovem, a vida perdeu o sentido para minha mãe,porque ela vivia de lembranças e saudade.Quando acordava saudosa, sentava-se ao piano e tocava valsas o dia inteiro...Um amor,que nós(as 4 filhas)conseguimos ter, mas sempre que estamos juntas comentamos sobre eles.Imagina, ele já era médico e ela adolescente, com 11 anos e dizia que "iria se casar com ele."
    Quando voltar ao meu blog, clique no arquivo, o mês de março,e veja uma postagem "Fotografias".
    Eu sei o que vc deve sentir.Meu carinho e toda a minha ternura,viu?
    Emilinha

    ResponderEliminar
  56. Olá, Graça
    Que poema tão lindo! Diz tudo de uma grande felicidade a dois.
    Como poderias não ter boas recordações?
    Às vezes é só o que nos resta...mas que nos sirva de consolo saber que há quem nem isso tenha.
    A foto é um encanto. Fizeste-me recordar um dos mais lindos dias da minha vida...

    Continuação de boa semana. Beijinhos

    ResponderEliminar
  57. Querida,

    Cá estou eu, para uma visita.

    Identifiquei-me com a última estrofe do poema. Eu quis tudo que tivesse que vir ou ser. Eu quis, eu dei a cara ao tapa, eu me entreguei. Preferi isso à uma vida tranquila, mas cinza, morna.

    Um abraço,

    Voltarei sempre!

    Suzana/LILY

    ResponderEliminar
  58. amiga
    Lindo o teu poema
    Fiquei enternecida
    Um beijo

    ResponderEliminar
  59. QUERIDA GRAÇA

    Que linda poesia!
    Que bonitas recordações que se têm desses dias!
    Como é tudo belo á nossa volta nessa altura!E, embora a Vida nos apresente caminhos bem diferentes daqueles que imaginámos, ainda é bom quando recordamos o dia em que dissemos o SIM!

    Hoje estou com a ALMA um bocado arrepanhada!
    Beijs.HELENA

    ResponderEliminar
  60. Olá Graça.
    LINDISSIMA esta poesia. Como sempre retratas tão bem seja algo ficticio ou real. Neste caso real. E foi na nossa linda terra Africana...

    Parabéns plo aniversário do Blog.
    UM GRANDE E TERNO XI-CORAÇÃO
    alice

    ResponderEliminar
  61. Graça. Amei a sua poesia. Ficou ainda mais perfeita com a foto. Aqui tudo me encanta, amiga. Beijos.

    ResponderEliminar
  62. Graça,
    Estou curiosa pra saber se Pedro chegou direitinho...
    Bjs.

    ResponderEliminar
  63. Oi Graça!
    Curiosamente ,tenho uma fotografia, parecida com esta!Tem 41 anos!
    Muitos como o seu, o meu e outros continuam até que Deus nos separe, mas outros há , que nos partem o coração,que nos fazem sofrer tanto... nem o tempo consegue apagar.
    Bem Graça, desculpe este poema é de felicidade,reviver momentos lindos.
    Até breve
    Herminia

    ResponderEliminar
  64. Oi, Graça
    Amei o texto! Como é bom a gente voltar no tempo para reviver tempos inesquecíveis.
    Lindo texto. Beijo com muito carinho!

    ResponderEliminar
  65. Um lindo e inesquecível momento...a felicidade de dois seres q se amam...é vc na foto? é muito parecida com a foto do perfil.

    mil beijos!

    ResponderEliminar
  66. Um amor que pode ser forte e delicado ao mesmo tempo! Muito lindo! Gostei até da austeridade do padre! ;) Beijus,

    ResponderEliminar
  67. Memorável esta foto e esta amor tão grande.
    Monhé

    ResponderEliminar
  68. Adorei este teu Sacramento, Graça. Disseste esse " quero" com muito amor, mas com a certeza de que ias querer tudo o que essa vida a dois te touxesse; disseste um " quero" para a vida agora diferente, com adaptações, muita compreensão e paciência e assim, aceitando e repetindo muitas vezes esse quero, levaste o teu casamento de uma maneira feliz.Já há 35 anos disse um " quero" e cá vou indo tentando nunca esquecer o que esse quero significa; só assim, tendo sempre isso em mente se consegue levar um relacionamento adiante. Um beijinho, amiga e mais uma vez, parabéns
    Emília

    ResponderEliminar
  69. Que coisa mais linda, Graça!
    Um querer consciente. Se todos se casassem assim, haveriam menos divórcios, muito menos. A fantasia do perfeito destrói muita coisa.

    A nossa identificação mesmo além mar, é o que nos torna tão iguais e tão irmãos.

    Beijos!

    ResponderEliminar
  70. Graça, cheguei aqui e ao deparar com este post
    fiquei em silêncio durante algum tempo.Que
    comentário deixar? O seu texto e imagem dizem
    tudo...Uma capacidade de AMAR para além de tudo...uma capacidade de apesar de tudo...
    continuar a querer dizer QUERO.Que grande prova
    de amor, que lição de vida e de gostar.
    Não consigo dizer mais: estou muito sensibilizada e com um grande respeito e amizade
    por si.
    Bj.

    ResponderEliminar
  71. Graça, amiga, amada!
    Agora entendo pq tens vontade de voltar para o passado...agora sinto daqui o que é essa ausência presente diariamente...esse AMOR eternizado.
    Beijuuss n.a.

    ResponderEliminar
  72. Graça,que bela poetisa vc é!Ficou maravilhoso esse poema de amor!E é assim mesmo em nossas vidas!Lindo demais!Fico encantada com seu blog!Bjs,

    ResponderEliminar
  73. Graça!

    Que poder tem este "quero!",transcende a vida material!

    Um beijo !

    Sonia Regina

    ResponderEliminar
  74. Graça:
    vou escrever este comentário pela 3ª vez... rsrs
    "Coisas" de computadores, linhas, fibras ópticas, etc, etc...
    Vim até aquí para te agradecer mais uma visita ao alone e tb pelo (sorriso, pelo menos...)que te causei com o posting do Banco do Brasil que, naquela altura, devia ser Banco do Brazil...rsrs
    Depois, bem depois li esse Poema lindo que nos passas com toda a INTENSIDADE de um GRANDE AMOR.
    Maravilhoso, minha Amiga.
    TU QUERES!
    Abração do
    A.Rui as alone

    ResponderEliminar
  75. Graça que poesia linda a foto também! Nossa viajei no tempo, adorei vim aqui hoje! Ótima noite querida. bjs

    ResponderEliminar
  76. Graça,

    Gostei muito de "Sacramento", um poema construido com esmero, delicadeza, sem, no entanto, perder o senso de que o casamento pode ser visto como uma rosa que perfuma e embeleza, mas que, com seus espinhos, pode ferir...

    Parabéns, Graça.

    Abraços,
    Pedro.

    ResponderEliminar
  77. Maravilhoso post: foto e poema, num profundo QUERO!
    Anónima de Lisboa

    ResponderEliminar
  78. Querida amiga um poema maravilhoso, um hino ao amor, um poema que mostra a sua extraordinária sensibilidade.
    bom fim de semana
    beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  79. Uma delicadeza de poema, Graça! Lindo...
    Beijos,

    ResponderEliminar
  80. Maravilhoso.
    Qualquer outra palavra seria demais para um poema tão perfeito e lindo.
    Minha admiração
    beijos

    ResponderEliminar
  81. .

    .

    . e agora ? . graça . em que ficamos ? .

    .

    . poética a prosa . pictórico o verso .

    .

    . e cada sulco Seu é este chegar agora mesmo . com a alma grande . a saudade no céu da boca e tanto e sempre tanto para contar .

    .

    . daquele lugar .

    .

    . aqui . neste lugar .

    .

    . onde eu também "quero" ficar .

    .

    .

    . um bom fim.de.semana .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  82. Gracita, é de se emocionar por tão bem colocadas palavras.
    São poucos os que vivem este sacramento.
    Muitos desfazem os laços na primeira olhada de soslaio do outro...
    Hoje é tudo muito efêmero e superficial, talvez isso seja um fator que prepondera para a tão temida infelicidade.

    Bom, mas agora quero fazer-te um convite - venha participar da minha Sala de Visitas, no INFINITO.
    Será uma honra.

    Aguardo seu contato, pois tem meu mail.
    falaremos sobre detalhes.

    Grande abraço amiga!!!!

    ResponderEliminar
  83. Graça querida e estimada amiga,

    Poema belo e que me emocionou.
    Amor para todo o sempre.
    O teu "quero" irá comigo no pensamento, por tudo quanto descreveste e pelo que se sente através dele e se advinha não ter lá forma de o expressares.

    É com muita admiração por ti que deixo o meu kandando repleto de carinho e respeito.

    ResponderEliminar
  84. Que lindo e emocionante! E a poesia, que maravilla!
    Obrigada pela partilha, e obrigada também por tua visita ao meu cantinho, Graça;o)

    ***
    Beijinhos et à bientôt****

    ResponderEliminar
  85. Querida Graça!

    Enquanto fui e vim, num instante... a tua casa encheu-se :)))
    Fico feliz por ti, muito.
    Quando puderes passa por aqui

    Beijinhos mil.

    ResponderEliminar
  86. Olá amiga Graça,

    Feliz Aniversário!
    Que cumpras muita Vida e que continues oferecendo-nos a beleza da tua alma em palavras!

    Um beijo enorme!

    ResponderEliminar
  87. Graça,

    FELIZ CUMPLEAÑOS!
    Que todos tus sueños se cumplan...

    Felicidades!

    Te dejo saludos argentinos,

    Sergio.

    ResponderEliminar
  88. Tem um Selinho pra você no "Guardados e Achados".
    Bjs.

    ResponderEliminar
  89. Meu Deus vim aqui e deixei beijos e volto e uma festa co linda mulher de olhar profundo...
    Felicidades Gracita.

    ResponderEliminar
  90. Querida Graça!

    Vim ver se encontrava a tua casa "secreta" onde guardas os mimos e não encontrei :(

    Dei voltas por aí e não encontrei entrada. Explica-me, por favor.

    Beijo e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  91. Ah!
    Tem um convite pra você lá no "Guardados e Achados"
    Bjs.

    ResponderEliminar
  92. Amiga Graça

    Que lindo posts que preparastes por mais um ano de vida!!! Muito linda as etapas de vida que narras e nos emociona.

    Parabéns amiga apesar de tão grande atraso. Este ano ando um pouco ausente e consigo tempo para postar, mas não consigo visitar atodos como gostaria.

    Sabes que te gosto muito e não deixaria passar em branco este ano e já preparei uma post comm uma lembrancinha por mais uma etapa de vIda.

    Depois passe na Casa dos Presentes
    http://acasadospresentes.blogspot.com/2011/04/parabens-amiga-graca-do-zambeziana-por.html

    Beijos no seu coração

    ResponderEliminar