quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Solange

Tem uns olhos enormes, azuis, não sei se espantados com o mundo se com a vida! Olha tudo atentamente e quando fecha as longas pestanas há salpicos do Índico onde a maresia ficou presa. Com o princípio do ano mudei-a de lugar. Estava na papeleira sentada por cima dos meus livros preferidos com um ar aborrecido com uma leve ruga na sua testa mimosa…
O cabelo loiro ligeiramente frisado, apanhado em cima da sua cabecita com um laço igual ao vestido, já não esvoaçava com o vento e o sol não adormecia naquele campo de trigo tão fofinho… Juraria que há pouco tempo lhe ouvi um soluço… Como é complexa a alma feminina!
Decidi sentá-la a meu lado! Compôs a roda do vestido de um xadrez miudinho preto e branco animado com uma espiguilha colorida, onde há um bolso com dois corações muito juntinhos… Suspirou feliz! O traço vermelho que é a sua boca abriu-se e esticou-se até às orelhas. Reparei que corou um pouco… Fiz de conta que não vi…
O ruído dos meus dedos no teclado do computador não lhe agrada… vai suportando!
De vez em quando olho-a! Ela tranquiliza-me, simplifica-me; explica-me a vida sem nada dizer porque já viu muito… Tem uma serenidade, uma nobreza que guarda no seu coraçãozito!
Não lhe conheço nenhum capricho para além de gostar dos banhos de sol e de velar o meu sono toda a noite… Creio que as nossas duas almas continuam sensíveis, muito vivas, para que o dia de hoje possa ser diferente do de ontem e do de amanhã. Todos estes cambiantes me enternecem…
Ah! Ainda não vos disse o seu nome: chama-se Solange!
Chegou a minha casa numa manhã perfumada de Abril, no dia do meu aniversário. Vinha num embrulho sofisticado, elegantemente acompanhada com um delicioso cartão que era quase o seu bilhete de identidade… Quando a vi lancei um grito de alegria e ela olhou-me cheia de ansiedade…
- Chama-se Solange, para substituir a que não tivemos…
Olhou-nos espantada e com aquele olhar apoderou-se de nós… para sempre.
Eu, que rio sempre, chorei como uma criança…
- Ah, Miúda, minha Miúda…
Suspiro… Fitou-me demoradamente com os seus olhos claros que hoje me pareceram húmidos…
Sim, eu sei muito bem o que eles me querem dizer: estou aqui para que continues a sonhar, a acreditar nas estrelas e no amor...


Por entre as cortinas do meu quarto vejo um céu muito azul num dia frio de Inverno… Parece uma porcelana… Há perfumes de rosas vindos não se sabe de onde… um perfume quente, delicioso que nos envolve às duas…
Trocámos o olhar e vi no seu rosto de boneca uma ternura tão grande, como se alguém a tivesse esquecido no bolso do seu vestido onde há dois corações juntinhos…
Foi a última prenda do Eugénio...


15 comentários:

  1. Lindo, tocante, doce e emocionante! bjs, bom te ver! chica

    ResponderEliminar
  2. Tão maravilhoso e comovente este texto, Graça! Sensibilizei-me com a forma como teces esta narrativa tão sentida. Foi um excelente momento ler-te.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde Graça,
    Procurando uma imagem na Net vim encontrar o seu Blogue e logo este texto magnífico que muito me sensibilizou!
    Há momentos que não sabemos se o que nos acontece é obra do acaso ou não. Não acredito em acasos.
    Acredito em coincidências e estados de espírito e por isso lhe agradeço este momento tão intenso e belo.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderEliminar
  4. Tão linda a tua poesia lá no comentário que a coloquei aqui e acaba de entrar! Bjs, obrigadão! chica

    http://instantesaosdomingos.blogspot.com.br/2015/10/um-poema-que-fala-ao-coracao.html

    ResponderEliminar
  5. Obrigada CHICA pelo teu carinho! Boa semana e um bj

    ResponderEliminar
  6. Coincidências! Já tinha saudades de ti, estou aqui para ler os teus escritos e dar-te um beijo.

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde
    Passei pelo teu cantinho para te dar a conhecer o meu modesto espaço de poesia.
    Espero que gostes. Um abraço, Ana Pereira
    http://almainspiradora.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Magnífico e tocante texto. Emocionei-me!
    Imagino as ternas saudades que tens!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Bom dia.
    Gosto de a ler e de sentir estes cheiros de recordações guardadas.
    As bonecas ficam,mas os sonhos voam. Vestem-nos as noites e muitos dias que teimamos agarrar estas lembranças.
    Gostaria de estar aqui mais vezes. Parece que me perdi dos meus grandes amigos.
    Haverei de voltar para saborear mais textos que nos ajudam a voar.

    ResponderEliminar
  10. Os objectos, os sons, os cheiros, os olhares... Tudo memória e a memória, poesia!

    Um beijo

    Lídia

    ResponderEliminar
  11. Muito lindo e tocante. Também me emocionei . Obrigada pelos teus textos , pela poesia, e sobretudo pelo magnífico blog que aqui tens. Vou fazer os possíveis por aqui vir com mais tempo, pois na verdade tens aqui coisas maravilhosas , que devem ser vistas e lidas com tempo. Adorei . Obrigada Graça . Beijinhos
    Guida Vilarinho

    Beijinho grande Graça

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desejo.te um Santo e Feliz Natal , querida Graça,. O que importa é a nossa Amizade


      Nem sempre podemos estar juntas e por vezes a vida pode nos apresentar caminhos diferentes, mas aconteça o que acontecer a nossa Amizade sempre será o nosso território comum.

      Uma verdadeira Amizade é imortal.

      Por isso, quando eu penso em Ti , a minha alma transborda de gratidão, porque Deus me deu um presente tão valioso como TU O carinho que nos une fará com que estejamos sempre disponíveis uma para a outra. Nunca esqueças que TU podes sempre contar comigo, assim como eu sei que posso contar contigo .
      Como sei que adoras rosas amarelas, junto estas para provar a nossa Amizade.

      Beijinhos

      Guida

      https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/f3/37/51/f33751b805e8576e0bd0802ee6130652.gif

      Eliminar
  12. GOSTEI DO SEU BLOG E TENHO UM ARTIGO PARA VOCÊ

    Olá Tudo Bem? Primeiro! Quero me apresentar sou a Professora Rosimeire F. Oliveira
    A minha especialidade é falar sobre Saúde, Bem Estar e Emagrecimento.

    Escrevo atualmente para o Beleza Blog (beleza.blog.br).
    Achei muito interessante o seu blog, gostaria de contribuir com um artigo de minha autoria,
    o texto é totalmente gratuito e o assunto é mais relacionado ao seu blog.

    Será um artigo atraente e atualmente muito buscado pelo público.

    Para divulgação do meu trabalho o que necessito é um link dentro do artigo.
    Se você aceitar publicar o artigo eu divulgo (grátis) na nossa rede que soma mais de 2 milhões de visualizações.

    Entre em contato comigo por e-mail prof.rosioliveira@gmail.com

    Me solicite um artigo para avaliação e um plano de divulgação.

    Gostaria de fazer parte do seu blog através desse artigo!

    Aguardo sua resposta e estou a sua disposição! Atenciosamente,
    Professora Rosi Feliciano Oliveira

    ResponderEliminar