terça-feira, 27 de abril de 2010

Primavera



Esta manhã, em redor da minha casa, o mundo parecia dormir despertado apenas pelo bando de passarinhos que vão chegando aos poucos e não se cansam de cantar. Abri também as minhas asas e fui por aí fora… Antes, dei corda ao meu velho relógio de parede, tão velho como eu. Deixei-o retalhando o tempo com o seu tiquetaque já não tão sonoro como antigamente. Será que a alma das coisas se vai gastando? Não sei!
Deliciei-me com o meu passeio a pé. A natureza expande-se em força neste novos dias. Acredito que há risadas entre os ramos que se estendem depois do atrofiamento do Inverno. Penso na citação de Duhamel: “ Comunicando o que descobres trabalhas para os outros e para ti ao mesmo tempo. Dás uma forma ao teu sonho e entrega-lo assim, perfeito, a quem quiser colhê-lo… Fala, fala sempre do teu sonho.”
E eu falo. Falo sempre do meu sonho (não a toda a gente), deste sonho que colhi e guardo na minha alma. Acredito que chegarei à foz do rio, apesar das represas que vou encontrando, algumas bastante difíceis de transpor. Quando não consigo, deixo-me ir ao sabor das águas e às vezes, quantas agradáveis surpresas… Nem sempre é mau deixarmos que a vida nos leve. Outras vezes mergulho nas recordações para ganhar energias. De novo cito Duhamel: “Não acrediteis que possuir uma recordação é possuir um mundo morto. O mundo das lembranças vivas está indissoluvelmente ligado às nossas ocupações e aos nossos actos que ao acumular recordações, temos a impressão de preparar, de edificar o nosso próprio futuro.” Acredito que assim seja. Neste tempo de Primavera são vitaminas que vou tomando e que são precisas para retemperar forças.
É admirável que a minha “juventude” se revele, de novo, tão depressa apesar de tantas preocupações e solidão do coração. A mocidade (pelo menos a interior) é como este tempo, renasce sempre, ou de vez em quando, e eu faço também por isso.












A Primavera no meu jardim...


94 comentários:

  1. Graça
    Acho que vou fazer as malas e correr para a tua porta.
    Vou pedir um cantinho junto ao teu jardim.
    Será que me acolhes?
    Prometo ficar quietinha olhando as flores e ouvindo os pássaros.
    O que dizes?

    ResponderEliminar
  2. Olá querida Graça,
    Também o meu corpo e o meu espírito se revitalizam com a Primavera...é bom ir até ao parque e admirar a vegetação débil que vai aparecendo e aquelas frágeis florzinhas que vão nascendo por qualquer lado...deitar na relva, fechar os olhos e ouvir os cantos diversos, diria gloriosos dos pássaros...
    Que maravilhoso jardim tu tens, com flores muito bonitas e o cadeirão? Que aprazível, sentar-me e esquecer-me num livro!...
    Muitos beijinhos, um grande abraço,
    Manuela

    ResponderEliminar
  3. QUERIDA AMIGA GRAÇA, BELO O TEU JERDIM... FOTOS SUBLIMES...!
    ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
    FERNANDINHA

    ResponderEliminar
  4. Graça, é sempre um prazer ler os seus escritos. É muito bom saber que, não importa a estação, é primavera em sua alma.

    Coisa mais linda esse texto e essas fotos. Uma bênção!

    Bjs, boa semana, e inté!

    ResponderEliminar
  5. Querida Graça,

    Amiga, eu fico alvoroçada, todos os meus sentidos despertam na Primavera, é como se brotassem de mim mil energias.

    Seu que não te é fácil, mas faz isso, rejuvenesce e deixa entrar esta beleza toda mo teu coração.
    A solidão pesará menos.
    Olha! estou a ver-me a conversar contigo naquele cadeirão....
    Já agora, tens uma vugambília linda, planta que eu não consigo vingar aqui devido às fortes geadas no Inverno.

    Beijinhos

    Na casa do Rau

    ResponderEliminar
  6. Graça,que maravilhoso texto!A primavera tb me renova!Sempre fico mais feliz,mais atenta a natureza...adorei suas lindas flores!Bjs,

    ResponderEliminar
  7. Mais do que o cantar dos passarinhos ou o rir das flores, as tuas palavras são os autênticos gorjeios da Primavera.
    Sei, sei sim, que chegarás à foz do teu rio.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  8. ...que linda primavera...e que linda a primavera do teu jardim e do jardim da tua alma!
    Obrigada por estes momentos de luz.
    Susana

    ResponderEliminar
  9. Oh! Um bálsamo para a alma e para os olhos.
    Ainda hoje me detinha a reflectir em aspectos filosóficos semelhantes...
    Haverá um tempo em que teremos mesmo que envelhecer, mas nunca na Primavera... Disso tenho a certeza!

    Um beijo amigo

    ResponderEliminar
  10. Querida Graça.Que belo brotar de Primavera,em cada palavra,esperança e neste jardim de flores,que sempre desperta os sentidos em cada manhã.Beijinho de amizade.
    Lisa

    ResponderEliminar
  11. Graça

    Abrindo esse post, senti-me privilegiada.
    Parece-me como um sopro de ar fresco essas imagens e teu texto.
    O que dizer deste presente que recebo? OBRIGADA!

    Beijo grande.

    ResponderEliminar
  12. Boa noite Graça!

    "É admirável que a minha “juventude” se revele, de novo, tão depressa apesar de tantas preocupações e solidão do coração. A mocidade (pelo menos a interior) é como este tempo, renasce sempre, ou de vez em quando, e eu faço também por isso."

    Muito bonito isto. Bonito e profundo. Também gostei do jardim :-)

    Beijo

    ResponderEliminar
  13. Querida Graça,
    O caminho nunca é fácil, umas vezes é bom irmos ao sabor das águas e os sonhos nunca devemos deixa-los pelo caminho. Chegarás à foz, ultrapassando a solidão que possa existir dentro de ti, e serás recompensada com um manto de luz e muito amor.
    Continua a caminhar, envolta no perfume delicioso das flores do teu jardim.

    as flores do teu jardim são maravilhosas e o teu texto lindo.

    Um abraço com muito carinho

    ResponderEliminar
  14. A nossa idade é a idade da nossa alma. Estamos sempre a tempo de procurar chegar à foz do nosso rio.
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Que lindo texto e que lindas flores!! Adorei o girassol!

    ResponderEliminar
  16. Gracinha, amada!
    Se eu já "sou quente" (vc que me disse, rs), agora estou fervendo. Vou levar esse post comigo, agoraaaaaa...[brincadeira]
    Texto profundo, reflexivo, notável. As fotos, eu tenho que falar mesmo?
    Ah, já tô ficando com saudade...
    20 dias sem ver um PC pela frente, mas precisamos descansar, amiga. Meu maridinho e eu tamos caidinhos, rsrs. Juro!
    Obrigada e vou levar teu selinho, deixa eu ver direito se não me atrapalho todinha, beijos!!!

    ResponderEliminar
  17. Minha querida Graça,
    a Primavera no seu jardim está linda, colorida e fresca, deixe que ela invada o seu coração e renasça todos os dias em si.

    Muito obrigada pelo selo "blogue de ouro", é com muita honra que o recebo das suas mãos.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  18. Querida Graça,

    Amigas como tu há poucas.
    Obrigada pelo prémio.
    Já o tinha recebido e está já no meu slide de prémios, mas receber este Blog duas vezes e sobretudo vindo de ti, tem mais sabor.

    Vai para a galeria com o nome do teu Blog.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Boa noite, Graça.

    Lindo jardim mas, você merece todas cores da natureza a te desjar bom dia. Obrigada pelo selo e pelo comentário no blog muito importante para mim sempre. História um tanto pesada, triste, contudo reflexiva, alguns fatos foram reais.

    Beijo e como aí esta calor e cheio de flores vamos tomar o que?

    Renata

    ResponderEliminar
  20. Boa Noite!!

    Não tem porque interpretar um poema. O poema já é uma interpretação.

    Mário Quintana

    Feliz noite e beijos meus!!

    ResponderEliminar
  21. OLá Graça,a primavera é a estação do ano que eu mais gosto, em todos os sentidos, é a temperatura é as flores, é os passarinhos. Agora tenho um bando deles que vêm comer aqui à minha casa, primeiro foram uns pardilitos,comecei a pôr o pão que sobre molhado em água algumas cinco qualidades já vêm aqui comer,é uma maneira de reciclar, e contribuir para o meio ambiente.

    Obrigada pelo selo, pela tua atenção,e especialmente pelo teu carinho.


    E esta quadra que deixaste no meu blog, em meia dúzia de palavras disseste tudo sobre a África

    África nossa, África minha
    Sempre tão só e magoada...
    Deixei-te sozinha
    e...afinal, para nada!

    um beijinho,
    José.

    ResponderEliminar
  22. Querida Graça,

    que as cores e flores do teu jardim te enfeitem o rosto e sorrias não te detendo muito tempo nas represas da vida...que o sonho continue até ao ultimo fôlego pois se não sonhássemos a vida não tinha interesse.
    Lindíssimo esse jardim as tuas flores amam-te e vice-versa.

    Beijinhos nossos com carinho.

    ResponderEliminar
  23. E vivaaaa...a primavera é linda lá e cá... beijinhos minha querida...lindas imagens, lindas palavras...

    ResponderEliminar
  24. Olá Graça
    Quantas flores linda. Aí na Europa as estações do ano são bem definidas, aqui no Brasil não. Elas se misturam e você tem dia que até pensa estar na estação errada rsrs
    Beijos

    ResponderEliminar
  25. Que felicidade, chegar aqui e embarcar neste sonho, ganhar asas e voar entre as flores, sentir o perfume, admirar suas formas, suas cores...
    Obrigada, amiga, por compartilhar este teu jardim maravilhoso.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  26. Um jardim com lindas flores assim como seu texto está cheio de belas palavras flores.

    ResponderEliminar
  27. Graça Florida,
    Logo de manhãzinha, ao abrir as persianas neste dia de sol, li o teu maravilhoso texto [um autêntico festival primaveril], passeei a minha imaginação até ao teu jardim e, nele me detive, usufruindo as fragâncias primaveris das tuas coloridas e belas flores.
    Bj

    ResponderEliminar
  28. Graça

    Adorei ler sua Primavera!

    Sentimos o perfume das flores,
    olhamos as árvores
    e elas têm outras cores.

    O ar à nossa volta
    é mais leve
    e o vento,
    tem uma voz diferente.

    Há mais barcos
    Sulcando o mar.

    As nuvens correm,
    traçando desenhos
    a nosso gosto.

    E sei,
    A Primavera voltou
    O inverno passou!...

    E a Graça acabou de confirmar, na beleza das suas palavras, o que acabei de sonhar.

    Com ternura,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  29. Graça,

    Compartilhei contigo esse abrir de asas, querida. Lindo texto, linda viagem..

    bjs.

    ResponderEliminar
  30. "É admirável que a minha “juventude” se revele, de novo, tão depressa apesar de tantas preocupações e solidão do coração. A mocidade (pelo menos a interior) é como este tempo, renasce sempre, ou de vez em quando, e eu faço também por isso."

    Muito belo isso!
    Nossa vida, Gracita, é este ir e vir do tempo, que nos faz sentir saudades, que nos faz tecer sonhos, que nos faz HUMANOS.

    Teu jardim é um encantamento...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  31. Olá Graça! Amiga, lindo jardim o seu e, sem dúvida, como sempre, com um texto rico a legendá-lo! E a Primavera floresce ainda mais, assim, ajudando ao rejuvenescimento!
    Um beijo muito grato com as suas visitas e simpáticos comentários.

    ResponderEliminar
  32. Que bom que te li.
    Ontem mesmo, ao abrir a janela do meu quarto para o arejar depois de tanto tempo fechado, também eu ouvi a passarinhada e pensei... que belo assunto para um post.
    Pois será, mas depois de ler o teu tão rico de sensações novas e primaveris, terá de ficar para outra altura para não dizer que fui fortemente influenciada. Não é que não goste de o ser mas... antes disso tive que escrever sobre a morte dum ídolo da nossa juventude e aí perdi o brilho.

    Sabes a quem me estou a referir amiga Leoa.

    Um grande beijo por te antecipares aos meus pensamentos e me trazeres de novo a energia que tanto precisamos após o longo Inverno que acabamos de viver.

    Beijossssss

    ResponderEliminar
  33. Graça

    possuir um coração em Primavera é deixá-lo rebentar de flores por todo o lado!

    reconstituindo as memórias que fazem a nossa história e projectando no futuro, aquilo a que Duhamel chama de recordações.

    E é sempre preciso falar dos nossos sonhos, porque só assim crescem e continuam vivos!

    Muito bonito o teu texto e profundo como o teu rio secreto...

    beijinhos

    Manuela

    ResponderEliminar
  34. Que marailha de post, qualidade encantadora das imagens muito lindo, um verdadeiro paraiso essas flores, otimo hambiente pra compor, algo lindo maravilhoso rsrsrsrs.............Bjux de anjo

    Marquinhos

    ResponderEliminar
  35. Olá Graça

    Li o teu belo texto passeando pelo teu jardim envolvida pela beleza e frescura das flores.

    Respirei ternura, amor, calma...
    Sonhei...

    Bjs.

    ResponderEliminar
  36. Um texto à altura das lindas flores que encantam os olhos e a alma.
    Linda primavera que desperta emoções...
    Beijos e uma boa tarde para você, Graça.

    ResponderEliminar
  37. Amiga Graça senti-me ao teu lado fazendo contigo esse passeio a pé! até me senti rejuvenescer mesmo sentadinha á secretária...
    A Natureza encanta-me também, e a Primavera ajuda-me a tirar o meu ar cinzento que tem teimado em se instalar. Está lindo o teu jardim.
    Obrigada pelo passeio temos que repetir.
    beijos

    ResponderEliminar
  38. Oi
    Obrigada pelos selinho.
    Esse jardim, vamos sentar
    no banco desse lugar todo
    verde e respirar esse ar puro.
    Não vamos falar de saudades.
    Falaremos das flores que a primavera
    deixou de presente pra dona desse lindo
    jardim.
    Beijos...
    Lúcia.

    ResponderEliminar
  39. Que delícia de experiência
    e que maravilha de imagens!
    Adoro vir aqui!
    Bjins entre sonhos e delírios

    Mas o abraço era tão apertado,
    tão apertado
    que os corpos eram quase mais que colados.
    Poderia dizer que eram um só." http://reflexodalma.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  40. GRAÇA

    Convite




    No próximo domingo, dia 2 de Maio, "DIA da MÃE", no Hotel Moliceiro em Aveiro ( em frente ao Rossio), pelas 17 horas e com a Ria a fazer –nos companhia vou apresentar o livro: ” Pais e Mães”.
    Estará presente o Editor da Fronteira do Caos, Dr. Victor Raquel...
    A Drª Anabela Cunha fará uma breve introdução da autora...
    Aqui... os nossos filhos e todas as crianças serão tratadas com Amor...

    Educar é saber Amar...
    Como é Dia da Mãe, vamos brindar as nossas mães com um bonito livro e com a presença delas junto de nós.

    Também vamos declamar um pouco de poesia...

    “Perder tempo a ler é mesmo ganhar tempo” ( Lili Laranjo)

    ResponderEliminar
  41. Boas lembranças ficam no coração, paz.

    ResponderEliminar
  42. Primavera, um sonho sempre esperado e que se torna realidade em nossas vidas.

    Existe sempre uma Primavera em nós seja em que idade for, é o coração e o sentimento que existe em nosso ser que nos faz sentir isso.

    Belas fotos associadas a um belo texto aqui deixado mais uma vez.

    Bjos

    ResponderEliminar
  43. Bom dia!

    "a única verdade é que vivo.
    Sinceramente, eu vivo.
    Quem sou?
    Bem, isso já é demais...."

    Clarice Lispector

    Beijos meus.......M@ria

    ResponderEliminar
  44. Graça

    Já me deliciei com tua Primavera e adorei.

    Hoje venho para agradecer tua prosa-poética,
    dedicada ao meu poema "Sede". De encantar, minha amiga.

    Beijos,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  45. Graça como fiquei feliz com este seu texto acerca
    do renascer com a Primavera.Além de estar muito
    bem escrito(como sempre)as flores são maravilhosas.De facto a natureza sempre se
    refaz, renasce, e a Primavera é uma estação
    que tem muito impacto no nosso corpo e mente.
    O nosso corpo reage muito à Primavera.É por
    isso que é muito bom viver, porque sempre nos
    pudemos reerguer,rejuvenescer e ganhar um sorriso,
    mesmo quando a alma está magoada.
    A Graça é uma pessoa fantástica.
    Boa Primavera para si - que merece.
    A m/amizade num beijo/Irene Alves

    ResponderEliminar
  46. Olá Graça.
    Nós somos como as flores,florescemos com a primavera.
    Lindo o teu jardim.
    Bjinhos.

    ResponderEliminar
  47. Beautiful,lovely and fantastic shots !! Simply great !!

    ResponderEliminar
  48. Gosto do teu ressurgir na primavera, dos sonhos que acalentas e queres levá-los á foz do teu rio. E assim será minha Amiga porque tu és forte e determinada.
    Beijo
    Ligia

    ResponderEliminar
  49. GRACINHA: ontem ,fiquei-me pelo deleite do texto e das fotografias...
    Hoje, depois de ter pensado na beleza do texto, tive a ousadia de encontrar ideias paralelas com o meu íntimo, desnudado na poesia...Adorei, porque isso me liga mais ainda, se possível, à tua pessoa!
    BEIJO DE Mª ELISA

    ResponderEliminar
  50. Teu jardim é belo.
    Tuas palavras encantadoras como sempre.
    Vim agradecer tua atenção no Misturação.
    Xeros

    ResponderEliminar
  51. FELICIDADE

    És precária e veloz.
    Felicidade
    Custas a vir e quando vens,
    Não te demoras,
    Foste tu
    Que ensinaste aos homens
    Que havia tempo
    E, para te medir,
    Se inventaram as horas


    Cecília Meireles

    Beijos poéticos prá ti neste dia!! M@ria

    ResponderEliminar
  52. Oi Graça. Seu Blog está Lindo com todas essas flores. Vim convidar pra ver meu vídeo novo.
    http://sentimentosjacque.blogspot.com

    Beijo

    ResponderEliminar
  53. Peço desculpa às outras flores mas...

    o girassol é lindíssimo!

    Beijo primaveril!
    António

    ResponderEliminar
  54. Olá querida Graça, que lindas palavras deixaste no meu jardim. Adoro lêr-te. Quanto ao teu jardim, tomei uma decisão... Acho que vou plantar os meus poemas no teu jardim. Será que se completavam? talvez amiga... mas a vida é feita de coisas incompletas. Beijos querida amiga

    ResponderEliminar
  55. oi graça.
    que linda sua primavera o perfume penetrou aqui que aromas deliciosos.

    O que a memória ama, fica eterno.
    Te amo com a memória, imperecível.
    Adélia Prado

    bjos com sabor da primavera.

    ResponderEliminar
  56. Puxa vida amiga! Seu texto é sempre de uma delicadeza tão grande que emociona. Quero estar aí no teu jardim,me renovar com as belas flores e sonhar com todas as cores delas. Ser uma borboleta e pousar por aí entre elas. Coisa boa viu! Obrigada mais uma vez pelo comentário tão carinhoso. Gosto da sua companhia sincera.Montão de bjs e abraços repletos de amizade

    ResponderEliminar
  57. adoro a profundidade com que escreves o que sentes...
    gostei muito de sentir e ver a tua primavera!
    Bjinho Graça!

    ResponderEliminar
  58. As recordações fazem-nos avançar neste novo caminho.
    Como te entendo.
    Beijo
    Teresa (Quelimane)

    ResponderEliminar
  59. Na minha memória, tão congestionada e no meu coração tão cheio de marcas e poços você ocupa um dos lugares mais bonitos".

    (Caio Fernando Abreu)


    Agradeço sua amizade e seu carinho....M@ria

    ResponderEliminar
  60. A juventude mora no nosso espírito e não é forçosamente coincidente com a idade do BI. Bonito jardim!
    Cumps

    ResponderEliminar
  61. Passei para lhe desejar um bom fim semana e dizer que as flores são lindíssimas viva a primavera. Abraço Pinturas Ricardo Costa

    ResponderEliminar
  62. Minha querida Graça
    Lindo texto e belo jardim...roubei uma rosa, não resisto às rosas.

    Deixo um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderEliminar
  63. Graça!

    Em qualquer estação a Primavera está em seu interior!!!

    Lindas imagens de seu jardim!!!

    Sua escrita é sempre um prazer em se ler!!

    Um beijo florido!

    Sonia Regina.

    ResponderEliminar
  64. Anónima de Lisboa:
    Sempre que aqui venho(ejá o não faço a algum tempo por ter estado fora) este blog surpreende-me pela variedade de temas e pela qualidade de escrita.

    ResponderEliminar
  65. Anónima de Lisboa
    Sempre que aqui venho ( e já não o faço há algum tempo por ter estado fora) fico surpreendida pela variedade de temas e pela qualidade da sua escrita.Parabens.

    ResponderEliminar
  66. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  67. Olá GRAÇA!!!

    Desculpa a demora pra responder!
    A nossa Sophia chega em JUNHO!!!
    Ainda não sabemos, se ela vai se adiantar e chegar logo no início, ou se vai ser preguiçosa e chegar depois da metade do mês!!!
    Vou te mantendo informada!!! OK?!
    Tenha um Fim de Semana LINDO!!!

    BEIJÃO

    ResponderEliminar
  68. Que delícia ler esse post, Graça!
    E é exatamente assim que nos sentimos na primavera, renascendo ou, quem sabe, nascendo.
    A célebre pergunta que se faz aos aniversariantes faz sentido: " quantas primaveras você está completando hoje"? Já sei, você hoje completa 15 anos.[rs]
    Lindo post! Adorei o "bugainville". Tenho um exatamente dessa cor.[rs]
    Beijosss e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  69. Que belo texto,Graça, aliás, como sempre são tão belos. Nunca havia pensado sobre a alma das coisas, se existe esse desgaste natural. Seu texto iluminou minha manhã e fecundou ideias em minha mente.
    Obrigada, querida.
    Bjs

    ResponderEliminar
  70. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  71. Querida Graça,
    Que maravilha quando a primavera chega, parece mesmo que voltamos à juventude. Temos vontade de estar em contado com a natureza, apreciar as cores, borboletas, pássaros e flores....
    Recordar, geralmente, acalenta o coração e fortalece a alma.
    Interessante que a tão amiga, do outro lado do mundo, também tenha falado do tempo. Sintonia... quem sabe???
    Que seu final de semana seja muito colorido.
    fica com DEUS! e bjkas no seu coração,

    ResponderEliminar
  72. Olá Graça! Muito obrigada pela sua visita minha amiga. E que lindo, maravilhoso é o seu jardim. Tal como a sua beleza interior que me deixa sempre tão belas palavras. Muito obrigada minha amiga. um beijo

    ResponderEliminar
  73. Olá querida amiga Graça,primeiro tenho que te agradecer, pelo troféu que tão gentilmente me ofereceste, e pela primeira vez depois de várias tentativas consegui lá por o selo sozinho,talvez por este ser de ouro,eu tenha me esforçado mais.
    Estou contento comigo mesmo, por ir vencendo estas pequenas batalhas.
    Quanto à minha postagem falando do Outono,é uma postagem colectiva, e os organizadores são Brasileiros,e lá começou agora o Outono, dai o tema ser Outono,só que eu devia ter referenciado isso e não o fiz, peço desculpa por isso. As pessoas assim ficam a pensar que eu perdi a noção do tempo, ou outras coisas
    piores ainda,rrs
    Pois eu também estou pisando o primeiro degrau dessa escada, pode ter algumas coisas boas,eu gostava mais da minha primavera.

    Um beijo enorme,Obrigada pelo poema, e por tudo
    José.

    ResponderEliminar
  74. Olá amiga

    É um texto admirável. Penso que o relogio é muito mais velho e sobertudo nao tem vida interior que nao as horas que dá; da mesma maneira que encontro uma verdade enorme nas palavras de Duhamel quando se refere às lembranças.

    Retiraria também isto deste mangífico post(quando sentimos autenticamente os textos saem belos): "Nem sempre é mau deixarmos que a vida nos leve. Outras vezes mergulho nas recordações para ganhar energias". Precisamente. É nesse devir do viver que ganhamos alma e nao nos prendemos em certezas porque a vida enmcarrega-nos de mostrar que somos ignorantes, tal como nos certifica no amor ainda que nos enganem. O amor universal.

    Um grande beijinho e parabéns também pelas flores. A minha Mãe gostava-as tanto...

    ResponderEliminar
  75. Um beijo carinhoso de bom final de semana pra ti amiga....

    ResponderEliminar
  76. Mas que belas plantas de cor e luz

    P'ra ti tb um bom f-d-s

    ResponderEliminar
  77. Acredito que por mais que o tempo passe, a juventude nunca nos abandona, pois queiramos ou não, ela sempre dá sinal de vida. Rsrs.

    Belo texto, profundo e próprio para reflexão.

    Beijos e ótimo final de semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  78. É um presente entrar aqui e ser recebida com belas flores. Maravilhosas imagens e um bonito escrito.
    Beijinhos e um ótimo fim de semana.
    Ceiça

    ResponderEliminar
  79. Olá Graça;-)
    Que bom é podermos disfrutar dos prazeres simples que a natureza nos oferece, e no meio dela deixarmos o espirito vagabundar através das lembranças semeadas no nosso jardim interior!

    ***
    Um grande beijo e um feliz fim de semana*******

    ResponderEliminar
  80. Querida Graça,

    Obrigada amiga linda pela tua mensagem no Rau.

    Estarei em casa Domingo, não no Sábado que irei a Lisboa.
    No dia da mãe, Domingo, pensarei muito na minha e mimarei o meu filho o mais que puder.

    Beijinhos

    Na Casa do Rau

    ResponderEliminar
  81. ...e não disse um dia Cecília Meireles:

    "Aprendi com as Primaveras a me
    deixar cortar para poder voltar
    sempre inteira."

    este teu jardim encanta aos olhos
    de quem sabe ver quão grande é Deus!

    Graça querida,
    beijo imenso procê!

    ResponderEliminar
  82. A fragilidade das flores não permite que a tenhamos na mão fechada. Ela se destruirá.
    E a primavera também abre o nosso peito para receber o fluxo da natureza. A nossa mão também não se fecha para abarcar o destino e o fado.
    Temos que enfrentá-lo com a mesma delicadeza do seu texto. Gostei. Desejo-lhe um ótimo final de semana. Beijos.

    ResponderEliminar
  83. Olá Gracinha! Muito obrigada pelo selo... Ando com imenso trabalho e não tenho tido tempo de aparecer pela blogosfera! :) Um beijo grande e óptimo fim-de-semana!!!

    ResponderEliminar
  84. Querida Graça, é sempre um prazer ler os seus escritos. E o seu jardim tem belas flores entre as quais existe uma especial - a Graça

    beijos
    bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  85. Que maravilha, Graça, estas flores e este jardim. Transmite paz. Obrigada pela sua visita que só agora eu constatei. Eu estou bem, sim, apenas muito atarefada com o trabalho. Mas, pretendo retormar as minhas postagens e, consequentemente, ao convívio salutar de todos vocês. Obrigada pelo carinho. Um abraço.

    ResponderEliminar
  86. Acho que a alma das coisas se vão gastando, sim. A das pessoas também. Ficam encrustradas nas almas das pessoas apenas as coisas que ela ama, que nunca as decepcionaram. Ficam encrustradas na alma das pessoas aquilo que, um dia, desejaram ter e não o conseguiram. Fica encrustrada na minha alma, você.

    beijo

    ResponderEliminar
  87. "Perguntar-se é uma maneira interessante de se
    descobrir como pessoa pois as perguntas são
    pontes que nos favorecem travessias."

    [Pe. Fábio de Melo]

    Bom Fds e beijos meus........M@ria

    ResponderEliminar
  88. A beleza da primavera não afugenta os encantos do outono.


    Um abraço

    ResponderEliminar
  89. Vim te visitar, Graça!
    Retribuir-lhe e conhecer-lhe.
    Queria eu ter um jardim assim, onde pudesse sentir os cheiros da primavera. Cá estou aprisionada num apê com varandinha de 1 m x 2m e nela, creia-me!, recebo beija-flores que vêem à minha arvorezinha de Primaveras cor-de-rosas (como a tua) e vêem (no mes de maio), às minhas Flores de Maio. Estas, são do ano passado:
    http://coisasdeada.blogspot.com/2009/05/botoes-da-minha-flor-de-maio.html
    ou
    http://coisasdeada.blogspot.com/2009/05/minha-flor-de-maio-no-auge-da-florada.html

    E exatamente agora, 3 de maio (no Brasil é outono), ela está se preparando novamente para me dar amor!

    Obrigada pela visita ao meu blog. Beijos

    ResponderEliminar
  90. Em tempo! Vi que colecionas selinhos! Então mando-te o meu, com carinho, pelo teu blog tão dengosinho! Vai por e-mail, o selinho com um beijinho!

    ResponderEliminar
  91. ...olá minha linda!!


    MÃEZINHA

    Quando o pai celestial precisou
    colocar na terra as primeiras
    criancinhas, chegou à conclusão
    que deveria chamar alguém que
    soubesse perdoar infinitamente.

    De alguém que não enxergasse
    o mal.

    Que quisesse ajudar sem
    exigir pagamento.

    Que se dispusesse a guardar os
    meninos, com paciência e ternura,
    junto do coração.

    Que tivesse bastante serenidade
    para repetir incessantemente as
    pequeninas lições de casa dia.

    Que pudesse velar, noites e
    noites, sem reclamação.

    Que cantarolasse baixinho, para
    adormecer os bebês que ainda não
    podem conversar.

    Que permanecesse em casa ,por amor,
    amparando os meninos que ainda não
    podem sair à rua.

    Que contasse muitas histórias
    sobre a vida e sobre o mundo.

    Que abraçasse e beijasse as
    crianças doentes.

    Que lhes ensinasse a dar os
    primeiros passos, garantindo o
    corpo de pé. Que os conduzisse
    à escola, a fim de que
    aprendessem a ler.

    Dizem que nosso Pai do Céu
    permaneceu muito tempo,
    examinando...e, em seguida,
    chamou a Mulher, deu-lhe o
    título de Mãezinha e confiou-lhe
    as crianças.

    Por esse motivo, nossa mãe é
    a representante do divino
    amor no mundo , ensinando-nos
    a ciência do perdão e do
    carinho, em todos os instantes
    de nossa jornada na terra.

    Se pudermos imitá-la, nos
    exemplos de bondade e
    sacrifício que constantemente
    nos oferece, por certo seremos
    na vida preciosos auxiliares
    de Deus.

    MEIMEI

    ...deixo aqui como prova
    do meu carinho esta linda
    mensagem à você mulher,
    mãe em potencial!

    bjbj

    ResponderEliminar
  92. Oi Graça, tudo bem?
    Você está me levando a relembrar a história dos monumentos do Recife, eu sempre gosto... Hoje fiz um pequeno resumo sobre a Basílica da Penha do Recife, por conta do seu comentário, dê uma olhada!
    Feliz dia das Mães. Um abraço.

    ResponderEliminar
  93. ola!
    lindo jardim:)
    muito colorido sem duvida!!
    nada melhor do que a Primavera, adoro a primavera!! :)

    beijo
    Andreia
    http://uma-porcao-de-coisinhas.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar