sábado, 1 de outubro de 2011

Crepúsculo



Gostava de poder dizer-te,
meu amor perdido,
Esta sensação do mundo já vivido que existe em mim.

Gostava de poder correr,
Mão na mão, olhos nos olhos, pelos areais desertos
E reencontrar o mundo que falta viver.

Gostava de vencer o crepúsculo,
Com um sorriso alegre no corpo jovem.

Mas tenho receio que te juntes a mim nesta noite
Onde a estrela da manhã não aparece.

Espera-me para lá da madrugada.
Sabes, amor, eu talvez volte!



- José de Almeida, In “Palavras de Outono”

92 comentários:

  1. LINDA ESPERANÇA QUE DÁS AO TEU AMOR...LINDO! BEIJOS,CHICA

    ResponderEliminar
  2. Lindo querida Graça uma belíssima escolha.
    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  3. Que postagem adorável e de uma doçura e sentimento imenso...
    E nesta incerteza de uma volta há a possibilidade da espera que é sempre um lenitivo ao coração.
    Beijinhos, minha amiga!!!

    ResponderEliminar
  4. Tão lindo, Graca!!!

    Beijos e um bom domingo para você.

    ResponderEliminar
  5. Amor. esperança, nobreza.
    Lindo poema.
    Um beijo grande

    ResponderEliminar
  6. Graça Saudades



    Acabei de chegar.. Venho cansada mas feliz.

    partilho o meu dia.

    Saímos bem cedo rumo ao SEIXAL,e almoçamos no Cacilheiro do Tejo


    A ART,ANIMA SEIXAL-ASSOCIAÇÃO CULTURAL promoveu o seu 1º evento de Poesia e Literatura do Seixal.

    FOI Um evento com poesia diversa e muito rica.

    VIVA A POESIA e feliz por passar no teu blog LINDO

    ResponderEliminar
  7. Ola Graça,
    Que belo poema você nos presenteou. A imagem é linda... Ela nos faz sentir saudades de tempos que provavelmente não voltam mais, mas que está e estará sempre presente em nossos corações. E vendo esta imagem, a gente vê o fim que um dia foi tao desejado.
    Antes de deixar um recado aqui eu andei lendo postagens anteriores e adorei ver as imagens de seu passeio em ferias. Que lugar lindo para quem adora antiguidade como eu.
    Quanta região linda em Portugal! Eu fiquei apaixonada por tudo! Acho que sentar em lugares como estes que você mostrou e começar a escrever, tenho certeza que escreveria sem fim!
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Minha querida Graça

    Um belo poema...vestido de Outono e com anseios de Primavera.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  9. Graça

    Que lindo poema que compartilhas conosco! Obrigada.

    bjs
    Anne

    ResponderEliminar
  10. Lindo, lindo e lindo, Graça.
    Eu adoro o autor, é muito sensível e romântico.
    Um beijo e obrigada por nos trazer José de Almeida. (estou febril, caidaça e ao ler o poema não é que estou me sentindo melhor?:) Ah...o amor, sempre o amor...:)

    Um beijo e bom domingo.

    ResponderEliminar
  11. Lindo.

    Bom passar aqui, bom demais encher a alma com coisas boas, as vezes nem sempre doces, mas edifica o que se passa aqui dentro.

    Boa semana para nós! rs
    Abraço forte Graça.

    ResponderEliminar
  12. é um amor que se despede

    e diz, até já! no crepúsculo da vida

    bonito, Graça!

    um beijo

    manuela

    ResponderEliminar
  13. .

    .

    . belas são as palavras que respiram de um fôlego de dentro . onde nos a.dentra.mos .

    .

    . um bom domingo . graça .

    .

    . e um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
  14. Palavras poéticas que inspiram o amor eterno, saudades imensas intemporais que se cruzam no etéreo.

    Lindo poema, com uma imagem belissima

    Muitos parabens
    Asorei passar por aqui, beijinho

    ResponderEliminar
  15. Ai Graça que beleza!
    Triste e tão amoroso.
    Beijos

    ResponderEliminar
  16. Graça
    Lindo minha amiga, um poema de outono triste mas com muito amor. espero que voltes e não faças o teu amor esperar.
    Beijinho minha querida

    ResponderEliminar
  17. Olá, Graça!

    Poema lindo, pintado com tons de Outono e transbordante de ternura,com saudades da Primavera, mais a esperança de que ela volte com o amor perdido.
    É muito bonito, digo de novo.

    Beijinhos; bom resto de domingo.
    Vitor

    ResponderEliminar
  18. Amiga Graça.Lindo poema,onde o crepúsculo é a partilha do amor,e dos afectos,não conheço o poeta mas gostei muito.
    Beijinho e tudo de bom com amizade

    ResponderEliminar
  19. oi
    adorei seu blog
    tem muita coisa interessante...
    estou te seguindo
    beijos
    e segue...

    http://rgqueen.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  20. Olá Graça

    Belo e melancólico poema.

    A esperança nunca morre e a Primavera voltará , mesmo sendo Outono!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  21. Lindíssimo Graça.
    Um poema que bem podia ser teu. Pelo menos, vejo nele o reflexo da tua alma, sempre apaixonada e para sempre fiel.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. E eu gostava de saber comentar poesia, coisa que nunca consegui fazer. Sabe eu acho que poesia é um estado de alma e que não há palavras para descrevê-lo. Sente-se ou não.
    Obrigada por partilhá-la.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  23. Começei a ler a pensar que era teu. Podia ser! E a imagem linda! Gostei! Beijinho e boa semana!

    ResponderEliminar
  24. Olá, querida
    Tenha uma semana cheia de paz e alegria!!
    Bjm

    ResponderEliminar
  25. Bom dia Graça:

    Crepúsculo

    Esta sensação do mundo já vivido que existe em mim.

    Estas palavras dizem muito a quem defacto tem em sua vida uma vivência do mundo já passado pelo tempo nele vivido.

    Faz lembrar este Crepúsculo o céu de outras terras em que o final do dia era como quase um paraíso à vista de quem o fitava tão soberbamente feliz.

    O tempo passa, mas na memória muita coisa ficou que o tempo não apaga.

    A terra vermelha, o sol, as gentes, o cheiro do ar que na roupa ficou e nada nunca o poderá tirar.

    Crepúsculo de além mar onde a natureza divina deixou em mim um raiar de luz sem fim.

    Uma imagem fantástica num poema que entra em nosso espírito como fonte de água pura bebida numa manhã de Verão.

    Boa escolha amiga.

    Bjos, felicidades bom início de semana.

    ResponderEliminar
  26. Não conhecia mas gostei do que li.
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
  27. Não conhecia mas gostei do que li.
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
  28. Não conhecia mas gostei do que li.
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
  29. Bom dia Graça, amiga querida!

    Sabes? Nem me dou conta de que há algo "estranho" comigo. Estranho, porque não explicável, ou pelos ainda não.
    Sei que vou fazer um novo exame, mas ainda nem procurei saber a quê exactamente, e tenho como saber tudo... tenho uma sobrinha analista no IPO.
    Mas não estou preocupada, mesmo!
    Agora ao Hospital só volto em Janeiro, e como continuo a dizer, lá encontrei um anjo, uma médica fabulosa, que até me faz esquecer que estou em ambiente hospitalar.

    Vamos aproveitar o sol e a vida plenamente, sem recear o amanhã.
    Beijinhos
    Tem um excelente dia.

    ResponderEliminar
  30. ...AMOR
    INTENSO
    TENSA
    SIEMPRE
    GRACA
    NUESTRO
    CORAZÓN...



    UN FUERTE ABRAZO Y ROSAS DE AMOR PARA TI...




    SALUDOS TU AMIGO :


    J.R.S.

    ResponderEliminar
  31. Encantadora imagem e lindas palavras!
    É tão bonito aqui...

    ResponderEliminar
  32. Querida Graça,

    Trago um abraço especial, espero que te reconforte.
    Vamos ver se funciona
    http://youtu.be/Tv41jBV80IU

    Espero que sim.

    Abração gigante e ternurento.

    ResponderEliminar
  33. Querida amiga Graça,

    Não resultou como esperava. Alguém já me fez isso bem feito :)
    Tenho de aprender.
    Espero que consigas ver.

    Mais um abraço e um beijinho

    ResponderEliminar
  34. Me encantei com as palavras..
    ótima semana pra ti.
    bjao

    ResponderEliminar
  35. Graça Amiga,
    Lindo e melancólico poema em que a esperança é o mote principal. Gostei de ler.
    Grato pela presença amiga no reencontro do Azimute.
    Bj
    J

    ResponderEliminar
  36. LINDO!!! :) Beijinhos enormes Gracinha!!! ;)

    ResponderEliminar
  37. Lindo este poema. Graça. Cada um que o ler vai interpretá-lo de uma maneira; é como uma obra de arte que admiramos e que vai depender muito dos olhos da alma; aqui é a mesma coisa. Quando se perde um amor, parece que já se viveu tudo...não há mais nada para viver; o amor se foi e parece que com ele levou a nossa vida. O tempo, o nosso amigo tempo se encarregará de nos mostrar que existe a esperança e de que ainda há dias lindos para se viver. Um beijinho, Graça e fica bem
    Emília

    ResponderEliminar
  38. O Outono da vida como o outono natural é um tempo de contemplação, de saudade, mas também de colheita, na medida em que saboreamos, como uma doce maçã, cada gesto de carinho recebido.

    Um beijo

    PS. Tenho tido dificuldades em deixar comentários.

    ResponderEliminar
  39. Graça, Boa noite!
    Que poema lindo, de uma ternura imensa, simplesmente maravilhoso.

    Perfeita a escolha!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  40. Eu acho que volta, tanta a ternura que transmitem as palavras!

    Beijo,
    António

    No meu blogue, eu escrevi:
    Ainda não recebi o teu e-mail. O meu endereço é:
    amltap@netvisao.pt

    ResponderEliminar
  41. Graça querida!

    Esta dúvida sobre o que acontecerá nas madrugadas acaba fazendo acontecer um lindo poema!

    Um beijo,saudades!

    Sonia Regina

    ResponderEliminar
  42. Oi Graça, saudade de você...
    Que dizer do poema? Que dizer de um crepúsculo tão especial de outono? Só mesmo que, tudo isso é maravilhoso...
    Beijocas.

    ResponderEliminar
  43. Beleza de foto e de poema.

    Uma excelente semana para você.
    bjs

    ResponderEliminar
  44. Preciosa Amiga de Excelência e Ouro Puro:
    Que lindo poema. Uma delícia, escrito de forma comovente e repleta de enternecimento, amor e dedicação.
    É fabulosa. Encanta por onde passa ou quem a visita.
    É uma honra estar aqui, acredite?
    Só concebe o encanto e pureza.
    Adorei. MUITO OBRIGADO pela deslumbrante visita que me fez.
    Com respeito pelo seu génio poético que desconhecia e fiquei fascinado. De boca aberta dada a beleza dos gigantescos versos de significação perfeita.
    Beijinhos puros.
    Sempre a admirá-la.

    pena

    Bem-Haja, poetiza amiga de sonho.
    Fantástica.
    Gostei imenso.

    ResponderEliminar
  45. Primeiro, pensei que fosse teu...é o teu estilo!
    De qualquer forma, é um poema deliciosamente lindo!
    Beijo
    Teresa(Quelimane)

    ResponderEliminar
  46. Quando comecei a ler, também pensei que fosse de sua autoria...encantador!
    Bj,

    ResponderEliminar
  47. Olá querida Graça!

    O Outono voltará sempre
    como o Inverno e Primavera
    O verão será mais quente
    é assim que a gente o espera

    Vê bem os efeitos do amor
    A amiga Lau vinha doente
    e saiu daqui toda contente
    sorridente e muito melhor

    Um beijinho grande,
    José.

    ResponderEliminar
  48. Só bem depois percebi não ser de sua autoria o poema! Escreves tão lindo que não estranharia se fosse. ESPERANÇA... é com ela que saio daqui.
    Beijuuss, amada, n.a.

    ResponderEliminar
  49. Graça, querida amiga!

    Fiquei preocupada contigo.
    Diz-me que estás bem e que vais mesmo esquecer esta fase "menos boa".
    Hoje vim buscar o teu rosto para o meu blog.
    Aproveito para te dar mais um abraço e um beijo.

    ResponderEliminar
  50. Graça, na poesia se expressam os mais profundos sentimentos que vão na alma. Saio daqui preenchida.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  51. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  52. Uma belíssima escolha a ilustrar um fim de tarde de Outono fora do normal...
    Bjs

    ResponderEliminar
  53. Um poema que enche o coração!
    Beijo
    Ligia

    ResponderEliminar
  54. Com fé e amor, todos nos encontraremos para lá
    da madrugada....Lindo poema....bela imagem...
    Beijo

    ResponderEliminar
  55. A saudade se torna lembrança', beijo Lisette.

    ResponderEliminar
  56. Saudade de vc Gracinha!!
    Andamos sumidas,ou é impressão minha?
    Hoje,prefiro não comentar...O meu silêncio falará por mim.
    Um abraço grande para vc e o Nuno.
    Sempre Emilinha

    ResponderEliminar
  57. O poema não precisa ser comentado, já se sente!
    A foto, faz lembrar os maboqueiros queimados.
    Amanhã voltarei a ver uma estrela.
    Beijo

    ResponderEliminar
  58. Versos fortes e intensos, aconchegantes de um amor pleno...beijos de bom dia pra ti amiga..

    ResponderEliminar
  59. Graça, perfeita escolha, palavras intensas. Gostei muito.
    abraço
    oa.s

    ResponderEliminar
  60. Há quem diga que poesia já passou de moda...
    Eu acho que nunca passará. Através dela
    a sensibilidade fala melhor.
    Gostei da escolha de texto e imagem.
    Beijinho/Irene

    ResponderEliminar
  61. Olá Graça! Mais uma vez, aqui passando para agradecer a visita e o amável comentário, assim como, apreciar este lindo poema, fruto das tuas acertadas escolhas. parabéns!

    Beijos e muita paz pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderEliminar
  62. Um poema que ultrapassa a madrugada!
    Monhé

    ResponderEliminar
  63. Graça, amiga querida.

    Voltando aos poucos e com saudades.

    O poema é lindo e não o conhecia. Deixa-me melancólico e repassando tantas lembranças.

    Beijo e kandandos, desejando que tudo esteja bem contigo.

    ResponderEliminar
  64. Ofertar para o outro o melhor de nós. Um abraço, Graça.
    Ivana - Reserva de Emoções

    ResponderEliminar
  65. Querida graça,

    Muito belo o teu poema!

    Beijos...
    AL

    ResponderEliminar
  66. Esperançoso e doído...tudo junto com mais um pouco...muito bonito Graça!!

    Beijos

    ResponderEliminar
  67. Lindo em harmonia com os corações!
    Beijo
    Lourdes

    ResponderEliminar
  68. Deixo um abraço, torcendo para que o comentário fique por aqui. Só a opção "anônimo" me deixa escrever.
    Belas palavras e paisagem estupenda.
    Clarice

    ResponderEliminar
  69. Boa noite, querida amiga
    Muito obrigada pelos parabéns no meu aniversário.
    Chegaste atrasada??? E isso que importa? O que conta é a amizade, que nem sempre podemos demonstrar a tempo e horas... :)

    Este poema é lindo! Repleto de amor e esperança, e promessa também.
    Não conheço o poeta, mas tenho que lhe reconhecer bastante valor.

    Bom fim de semana. Beijinhos

    ResponderEliminar
  70. Boa noite, querida amiga Graça.

    Lindo!!
    Essa despedida tem o sabor do recomeço. Instiga...

    Que Deus lhe dê muitas vitórias e paz.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  71. Boa tarde Amiga
    Hoje vim só para lhe agradecer
    Com um simples dizer
    Muito obrigado pelo seu carinho
    Lá no meu cantinho.
    Muito obrigada pela terna alegria
    Que me traz a cada dia
    Com a presença de sua luz
    Você me conduz
    Ao encontro do segredo de tudo saber
    Que está dentro do meu ser.
    Obrigada por me ajudar
    A ver e a sentir a realidade
    Que me ajudará a caminhar
    Ao encontro da minha felicidade.
    Querida amiga
    Nesta cantiga
    Quero apenas reforçar a minha gratidão
    Obrigada por me estender a sua mão.
    Obrigada por me falar
    Com o sentimento de seu coração,
    E por me mostrar
    O valor de ser amigo
    Que contigo
    Veremos o bem se fortalecer
    E o mau enfraquecer.
    E assim a amizade será de verdade
    Para toda a eternidade!
    Tenha um bom fim de semana
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderEliminar
  72. Que terno e doce esse poema de amor.
    Maravilhoso, Graça!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  73. Wow! Que céu mais fantástico!
    Vou ler agora e jà volto;o)

    ResponderEliminar
  74. Um poema maravilhoso e tão cheio de melancolia!
    Uma linda escolha, Graça! Obrigada pela partilha;o)
    ***
    Beijinhos e feliz fim de semana, ma belle****

    ResponderEliminar
  75. Daqui a alguns anos estará mais arrependido
    pelas coisas que não fez do que pelas que fez.
    Solte as amarras! Afaste-se do porto seguro!
    Agarre o vento em suas velas!
    Explore! Sonhe! Descubra!

    (Mark Twain)

    Beijos & Flores.....M@ria

    ResponderEliminar
  76. Amiga Graça excelente escolha, um poema maravilhoso.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  77. OI GRAÇA,
    Lindíssimo poema!
    Encantou-me.
    Um domingo de paz e alegria.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  78. Sabes Graça, os crepúsculos são para mim dos mais belos espectáculos da natureza, sempre diferentes, vermelho fogo ou dourados, incendiando o céu todo ou caindo suavemente nas águas do mar. O Poema é lindíssimo e a vida também.

    Beijos.

    P.S. Com as mudanças que têm havido nos blogues, o teu é um dos que não consigo comentar com a conta google e por isso não fica o ícone impresso.
    Branca

    ResponderEliminar
  79. Deveríamos ser como borboletas,
    e ter a coragem de enfrentar
    a metamorfose da vida,
    para sermos livres.

    Patty Vicensotti

    Feliz Domingo e uma semana abençoada.
    Beijos de coração prá coração! M@ria

    ResponderEliminar
  80. Agradeço a visita e desejo-lhe um feliz Domingo.
    Beijinho
    Ana Sofia

    ResponderEliminar
  81. O pão de todo dia e o verso de cada poema.
    UM feliz Domingo para você uma semana de paz.
    Não se esqueça que estou seguindo-te e te amando .
    Beijos no coração.
    Evanir
    OBs:Hoje não estou conseguindo digitar é
    só uma lembrança de que estive aqui.

    ResponderEliminar
  82. Olá Graça :) Mil desculpas pela minha ausência! Tenho tido muito trabalho e o meu blog ficou um pouco para trás. E as visitas aos meus blogs preferidos também...
    Mas já estou de volta e com um novo espaço :) E estou de volta para visitá-la também :)
    Beijinhos grandes da amiga,
    Mª João

    http://mariajoao-bijuteria.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  83. Minha querida Graça

    Passando para te deixar o meu beijinho com carinho.

    Rosa

    ResponderEliminar
  84. Graça, amiga!
    "... para lá da madrugada..." tanto pode acontecer, ainda que a "estrela da manhã" não apareça! Lindo!
    Beijinho e boa semana!
    Quicas

    ResponderEliminar
  85. Amiga de Ouro Puro:
    Só concebe a ternura, a pureza e a beleza num extraordinário sentir doce e afável. Perfeito.
    Bem-Haja, pela doce amizade.
    Os tempos passam e, a minha amiga, continua a maravilhar a Blogosfera que sem si não teria significado para as pessoas.
    Escreve com talento e magia gigantescas.
    Beijinhos de parabéns sinceros pelo carinho como concebe os seus poemas majestosos e lindos.
    Com respeito e gratidão pela sua enternecedora amizade de deslumbre.

    pena

    Adorei.
    Bem-Haja, notável amiga.

    ResponderEliminar
  86. Também eu voltei na esperança de novas palavras.
    Voltarei
    Beijinho
    Ana Sofia

    ResponderEliminar
  87. Como gosto destas cores crepusculares!...
    Se pudesse uni-las
    com as do romper do dia no Mediterrâneo!...
    Quanta felicidade!...
    Se, com estes versos teus,
    se despertassem estes sentires meus...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  88. Lindo lindo lindo Graça!
    Uma artista de mao cheia!

    ResponderEliminar
  89. Se todos nossos desejos fossem realizados, nossas vidas não seriam melhores, mas sim um pouco melhor!
    Lindo bem estruturado!

    ResponderEliminar